Ervas Aromáticas

Ervas aromáticas que contém nas Pindas Chinesas

Utilizamos ervas que relaxam, auxilia na desintoxicação corporal e reequilibrar o corpo, deixando corpo, mente e alma harmonizados, sendo assim o paciente/cliente tem qualidade de vida, bem estar e auto estima.

Quadro das ervas utilizadas nas Pindas Chinesas

Características: Medicinais, Emocionais e Dermatológicas

Ervas Medicinal Emocional
Dermatológico
Lavanda Hidratante, cicatrizante, Anti-séptico. Tpm, insônia, estados nervosos. Acne, regenerador celular, eczemas.
Camomila Dores musculares, queimaduras, menstruação irregular,aparelho digestivo, gripe. Impulsividade, calmante, tpm. Acne, hipersensibilidade, anti-séptico.
Jasmim Ronquidão, cólica menstrual, dores do parto e resfriados. Depressão, nervosismo, perturbações emocionais, afrodisíacos. Dermatite de contato e anti-séptico.
Néroli Taquicardia, diarréia, cãibras. Depressão, apatia sensual, fobia, estresse, medo, tensão. Acne, eczema e pele seca.
Laranja Problemas digestivos, celulite, cólica, gordura localizada. Tensão nervosa, insônia e depressão. Celulite, problemas em geral da pele.
Capim limão Enxaqueca, relaxante e ressaca. Dificuldade de concentração, esgotamento mental, negativismo. Celulite
Canela Anti-séptico, artrite, reumatismo, tônico cardíaco, circulação. Estimulantes mentais, antidepressivos, Dores nas articulações, nos nervos.
Alecrim Dores de cabeça, dores musculares, artrite. Cansaço mental, estimulante. Acne, caspa, articulações.
Artemísia Cólicas menstruais, dores abdominais. tpm Trabalhar na região do abdome para aliviar cólica.
Eucalipto Sistemas respiratórios, anti-sépticos e obesidade. Estimula a concentração, limpa a mente. Bolhas, queimaduras, gripe, resfriados.

Sal e os tipos de sais que podem ser utilizados nas Pindas Chinesas

O Sal Marinho, não refinado é fonte de saúde e de vida desde as origens dos seres humanos.

O sal marinho é a conseqüência da simples evaporação da água do mar, que deixa um resíduo sólido, composto por 84 elementos estáveis, onde sem dúvida o cloro e o sódio são os principais elementos quantitativos, representando quase 90% de sua composição. Os 10% restantes, entretanto, são de importância extraordinária.

Se partirmos da base de que a vida no planeta surgiu no leito marinho, é óbvio que haja uma semelhança intrínseca, qualitativa e funcional com aquela “sopa mãe”. Todas as formas de vida do planeta (plantas, animais, humanos) levam incorporadas dita solução em seus fluidos internos (seiva, liquidos intracelulares, plasma sanguíneo). Disto eram conscientes nossos ancestrais graças às suas intuitivas visões holísticas; porém, nosso modernismo reducionista industrial é incapaz de considerar tal perspectiva. Conjuntamente com o sal iniciou-se a preocupação com a “sujeira” e por isso, ele passou a ser lavado e purificado para ser presenteado como um produto limpo e higiênico. O mesmo ocorreu com o arroz, a farinha, o azeite, etc.

Sal marinho para uso na ESTÉTICA e NATUROLOGIA: É indicado para tratamento de flacidez, e celulite, rejuvenescimento tecidual, alívio de dores e fadiga muscular, recupera a vitalidade capilar, trata dermatite, seborréia, coadjuva no tratamento da acne e herpes, limpa, hidrata e nutre a pele prevenindo estrias e rugas alem de outros benefícios.

Sal Rosa do Himalaia

salhimalaiaO Sal rosa do Himalaia é simplesmente o sal mais puro existente na terra, ou seja, livre de toxinas e poluentes. Proveniente do Himalaia, é recolhido dos depósitos milenares de sal, onde há milhares de anos atrás se acumulou pelo choque do mar com as montanhas (por isso é conhecido como o Sal das montanhas). O Sal rosa tem essa cor devido ao alto índice de minerais em sua composição, o que mostra a sua pureza e altíssimo valor nutritivo.

Proveniente dos antigos oceanos que deixaram depósitos de sal enterrados centenas de metros nas montanhas dos Himalaias, é considerado o mais antigo e puro de todos os sais marinhos. Tem propriedades orgânicas muito superiores às do “sal de mesa”, devido ao efeito da enorme pressão sofrida ao formar-se na cordilheira do Himalaia durante milhões de anos.

Este sal contém os mesmos 84 elementos que compõem o corpo humano e na proporção que as células do nosso corpo humano necessitam. Trata-se de uma fonte pura de energia natural.

Tem um conteúdo rico em minerais que inclui 84 minerais e traço/micro-minerais tais como: cálcio, magnésio, potássio, cobre e ferro. É totalmente livre de metais pesados prejudiciais e tem um efeito purificante. Acredita-se que contém a maior concentração de minerais e ferro, o que lhe dá a sua cor rosada.

O sal rosa do Himalaia fornece minerais essenciais, micro elementos, equilibra os eletrólitos, suporta adequada absorção de nutrientes, elimina toxinas, equilibra o ph do corpo, normaliza a pressão sanguínea e, aumenta a circulação e condutividade. Também atua no alívio de artrite, erupção cutânea, sarna, herpes, gripes, febres.. É o mais alto grau de sal natural.

Ele é extraído com a mão e lavado a mão. Este sal está imune a campos eletromagnéticos, não contém poluentes ambientais.

Sal Negro

Trata-se de um sal não refinado procedente da Índia. Por conta de compostos de enxofre presentes em sua composição tem um forte sabor sulfuroso. Outra coisa que chama a atenção é a cor cinza rosada, que evidencia sua origem vulcânica.

Além de compostos sulfurosos, o sal negro é formado por cloreto de sódio, cloreto de potássio e ferro. Pode temperar receitas com carne, aves e peixes e também ser utilizado na finalização de pratos. Em 1g de sal negro há 380mg de sódio.

Sal Vermelho ou Sal Havaiano

Essa variedade de sal não é refinada e tem uma coloração avermelhada por causa da presença de uma argila havaiana chamada Alaea, rica em dióxido de ferro. De sabor suave, pode ser acrescentada a várias receitas, como saladas, massas, grelhados e aves. Tem quase a mesma quantidade de sódio encontrada no sal comum. Portanto, nada de mão pesada no saleiro!
Em 1g de sal Havaiano há 390mg de sódio.

Agora que você conhece um pouco mais sobre o Sal e suas cores, use com criatividade na montagem de suas pindas.